Tema do encontro: França – vinhos e culinária no mundo

“Couto, Pouso Alto, é um nome estupendo. Parece nome de ninho de águia. Pouso Alto. Absolutamente sereno. É um programa.” (O trecho de uma carta enviada por Manuel Bandeira ao amigo Ribeiro Couto, quando ele residia em Pouso Alto, data de 25 de agosto de 1925).

O Hotel Serraverde foi construído no antigo “Cruzeiro” do aldeamento de Nossa Senhora da Conceição dos Pousos Altos, símbolo da fé cristã dos desbravadores daquele tempo. Este local, o segundo povoamento no território das Gerais, surgiu em apoio às Bandeiras de prospecção que nasceram na metade final do século XVII.

Na década de 1690 foi descoberto ouro nas Serras Gerais, o chamado Sertão do Cuietê, hoje o estado brasileiro de Minas Gerais. A interiorização do povoamento deu origem à Capitania das Minas Gerais, separada da Capitania de São Paulo ainda na década de 1720.

O povoado de Nossa Senhora da Conceição dos Pousos Altos, ao longo dos anos, foi adormecido pela carência da “riqueza fácil” e extinção do movimento, mas preservado pelo apoio logístico. Afinal, aí cruzara a “Trilha do Ouro” e agora passava a “Estrada Real”, mas, naturalmente, a região sul mineira encontra sua prosperidade como celeiro alimentício da cidade do Rio de Janeiro. A produção, transportada por tropas e carreiros atravessa a “Amantigir, a Serra-que-Chora” (hoje, Serra da Mantiqueira), o grande obstáculo do percurso que, com o uso contínuo, torna-se corriqueiro no caminho para a capital do império.

Assim como Pouso Alto, o local cresce e prospera. Consequentemente, se inclui na nobreza brasileira com dois títulos nobiliárquicos locais: Francisco Teodoro da Silva, o barão de Pouso Alto e Joaquim Pereira da Silva, o barão de Monte Verde.

Nesta mesma época, na Corte, o casamento da princesa Izabel com o conde D’Eu revela sua esterilidade, levando a princesa ao tratamento de águas nas fontes “milagrosas” de Caxambu. Assim, durante duas temporadas, ela passa por Pouso Alto, onde se refresca e descansa na residência do barão de Pouso Alto.

Com tantos atrativos, Minas Gerais passou a ser buscada por todos os meios. Já havia o Caminho Imperial (Estrada Real), a rodovia União Indústria (ligando Petrópolis a Juiz de Fora), e, agora, surgiam os caminhos de ferro com a inauguração da estação de Pouso Alto, em 1884, por D. Pedro II.

Com a república e a intensificação do transporte comercial, surge o segmento de passageiros e, consequentemente, o entorno da “Estação de Pouso Alto” se urbaniza e passa a disputar com a “cidade” uma maior importância local e regional. Facilitada por divergências políticas na cidade, o que impedia uma possível integração, a estação ganha notoriedade pelo transporte fácil, eficiente e uma topografia amena. Entretanto, as divergências afastam ainda mais as pessoas, o que faz surgir a cidade de Itanhandu. Por fim, até o fórum da cidade é transferido para a estação. No entanto, a cidade de Pouso Alto ressurge com a passagem da rodovia para Caxambu por sua área urbana e, posteriormente, pelo término do transporte ferroviário.

Hoje, a Estrada Real transpassa o Hotel Serraverde como a principal artéria de ligação da sede com o seu espaço rural. No entorno, uma vegetação recriada com o renascimento das espécies nativas apresenta alternativas de passeios. E, no local, durante as noites mais longas e escuras, diz o poeta ainda escutar o “tropel dos tacões de couro cru e o tilintar dos sabres, facões e bacamartes”. Assim são as “velhas cidades, como esta de Conceição dos Pousos Altos, que jamais perderão o seu ar de fatalismo continental, sua majestosa serenidade, sua fisionomia austera e, sobretudo, o orgulho de sua origem tecida de pura e misteriosa brasilidade”.

Neste cenário rural e histórico, dentro de um parque natural, “a capacidade de ordenar necessidades ancestrais e proteções avoengas, dentro de um impecável padrão, de uma formidável e bela arquitetura respeitosa da profundidade mineira, fazem do Serraverde uma nova concepção turística e humana”. Seus apartamentos estão equipados com TV de tela plana, frigobar e telefone; alguns possuem calefação. A área de lazer compreende duas piscinas externas, uma piscina térmica (com hidromassagem), sauna seca e sauna úmida, duas quadras de tênis, duas quadras poli esportivas (vôlei e mini tênis e, outra, de futebol de salão e basquete) e campo de futebol society. Estão também disponíveis opcionalmente aos hóspedes, passeios a cavalo ou cavalgadas. Recreação, playground, sala de musculação, SPA (com massagens e banhos relaxantes), lareira, sala de jogos e sala de sinuca e um amplo parque para caminhadas e entretenimento complementam os atrativos oferecidos pelo Hotel Serraverde.

Dia 25/05, SEXTA-FEIRA:

A partir das 12h: check-in (almoço não incluso)

Das 16h às 18h: Happy hourTraga seu vinho!”

Uma pequena confraternização de boas-vindas, no bar do hotel, serão servidos pastéis de carne e de queijo. Cada participante pode trazer seu espumante ou vinho sem qualquer custo; outra opção é adquirir vinhos, espumantes e/ou bebidas diversas no bar do Hotel.

18h30 (pontualmente): Palestra e degustaçãoBordeaux ao alcance de todos”

Evento conduzido por Homero Sodré, que vai palerstrar sobre os vinhos de Bordeaux, ilustradando com uma degustação. Homero é embaixador de Vinhos de Bordeaux, especialista em vinhos, enogastronomia e enoturismo. É professor de Wine Business da FGV-RJ. Atua como colunista e crítico de vinhos; jurado em concursos de vinhos nacionais e internacionais. É educador credenciado de vinhos de Bordeaux, consultor e palestrante.

20h: Palestra, degustação e harmonização “França: vinhos e culinária no mundo”

Evento conduzido por Roberto Rodrigues, professor e diretor da ABS-Rio e editor do site RRVinhos. Na palestra, apresentará diversas regiões vinícolas da França, com um exercício de harmonização em que será servido um jantar típico com três vinhos, para que cada pessoa tenha a experiência de avaliar qual harmoniza melhor com cada prato e por quê.

Entrada: Quiche Lorraine com salada verde
Principal: Boeuf Bourguignon
Sobremesa: Tarte Tatin

E a noite continua

21h: Gratinée des halles (sopa de cebola gratinada)
Pista de dança com música ao vivo para todos que queiram dançar e curtir este final de noite!

IMPORTANTE:

  • Os pratos e os vinhos de todas as degustações poderão ser alterados, caso haja necessidade.
  • As refeições infantis serão servidas a partir das 20 horas.


Dia 26/05, SÁBADO:

Das 07h30 às 10h: Café da manhã

10 horas:

  • Atividades livres – caminhada acompanhada na cachaça Paraíso
  • Cavalos e charretes opcionais
  • Piscinas externas e quadras esportivas liberadas
  • Bar da piscina aberto

12 horas (pontualmente): Palestra “Harmonizações, aromas e sabores da coquetelaria

Evento conduzido por Diogo Man, proprietário da Importadora Mr. Man, que ensinará como preparar alguns drinks, destacando curiosidades sobre coquetéis e suas harmonizações.

Das 13h30 às 15h: Almoço

Variedade de saladas / Espaguete à bolonhesa
Frango assado com legumes
Churrasco misto a Rio Grande (linguiça, lombo de porco, miolo de alcatra)
Panelinhas variadas (legumes, carne moída, macarrão, arroz, feijão)
Sobremesas mineiras variadas e queijos

18 horas: Palestra e degustação “Espumantes Chandon

Evento conduzido por François Hautekeur, gerente de comunicação enológica da Moët Hennessy. Em 2010, foi apontado pela Maison Veuve Clicquot para gerenciar o dossiê técnico e midiático das garrafas encontradas no Mar Báltico, o que lhe permitiu degustar todas as 47 garrafas de Veuve Clicquot que estavam submersas desde o século XIX. Em janeiro de 2013, após quase nove anos na Maison, em Reims, na França, foi nomeado gerente da Comunicação Enológica na Moët Hennessy do Brasil. Hoje, François tem a missão de difundir, por todo o Brasil, a marca Chandon, a mais jovem entre as lendárias marcas de espumantes e champagnes do grupo francês LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), o primeiro grupo de luxo do mundo.

Chandon Brasil – a mais famosa casa de vinhos espumantes do Brasil – está posicionada no segmento de espumantes Super Premium. Depois de contar a história da Casa, de 1973 até hoje, François dará explicações sobre a elaboração dos vinhos, sublinhando suas opções qualitativas.

Serão degustados todos os espumantes produzidos pela Chandon no Brasil, cada um harmonizado com um canapé. São eles:

  • Chandon Réserve Brut (pão branco com parmesão)
  • Chandon Brut Rosé (carpaccio de carne com balsâmico e cogumelos)
  • Excellence Brut Cuvée Prestige (canapé de camarão)
  • Excellence Rosé Cuvée Prestige (canapé de salmão defumado).

Os dois demi-sec serão degustados na forma de drinks:

  • Chandon Passion-On-Ice, com e sem fatias de limão siciliano, Chandon Twist (fruta vermelha com pimenta)
  • Chandon Riche, na forma de Chandon Fresh com fatia de laranja (tortinha de fruta)

21 horas: Jantar

Variedade de saladas / Creme de palmito / Talharim ao Pomodoro
Escalopinho ao madeira
St. Pierre a Belle Meunière / Purê de batatas e arroz
Sobremesas mineiras variadas e queijos


Dia 27/05, DOMINGO:

Das 07h30 às 10h: Café da manhã

10 horas:

  • atividades livres – caminhada acompanhada até a horta do hotel
  • cavalos e charretes (opcionais)
  • piscinas externas e quadras esportivas liberadas
  • piscina aquecida e sauna liberadas / bar da piscina aberto

13 horas: Almoço Mineiro

Variedade de saladas / Lasanha à bolonhesa
Frango à Mineira com ora pro nobis
Quiabo / Abóbora / Angu / Jiló / Mandioca
Feijão Tropeiro / Filé de suíno grelhado
Batata palha, arroz e feijão
Sobremesas variadas e queijo

15 horas: Check-out após o almoço.

Apoios: Importadora Mr. Man (http://www.mrman.com.br/). Moët Hennessy do Brasil. Água mineral será oferecida pela Água Pouso Alto (uma das melhores do Brasil).


CUSTOS E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO:

Tipos de acomodação / número de pessoas

Padrão (32) com ventilados Padrão (5) com split (quente/frio) Luxo (10) Duplo (1) com split (quente/frio) Duplo/Duplex (9)
com ventilador
Solteiro 1.896,00 2.180,00 2.275,00
Duas pessoas 1.998,00 2.295,00 2.395,00
Três pessoas 2.896,00 3.195,00 3.305,00 4.125,00 3.586,00
Quatro pessoas  4.125,00  3.586,00

 

  • Apartamento luxo: tem ar climatizado e/ou calefação

Camas extras no mesmo apartamento da família.   

Criança até 5 anos FREE
Criança de 6 a 8 anos 390,00
Criança de 9 a 12 anos 450,00

   

Itens inclusos nos preços acima:

  • Café da manhã, almoço e jantar, conforme especificados acima; os pernoites de sexta-feira para sábado e de sábado para domingo; as palestras/degustações/harmonizações com os vinhos e os pratos acima descritos; atividades de lazer mencionadas (com exceção de cavalos e charretes).
  • Serviço de vinho sem cobrança de rolha.

Serviços extras (não inclusos no custo acima):

  • Qualquer bebida, alcoólica ou não, solicitada aos garçons, nos bares ou frigobares; lavanderia; telefonemas; baby siter; SPA; e serviço no apartamento.

Formas de pagamento:

  • Pagamento total antecipado (depósito em conta) até o dia 15 de março de 2018: 10% de desconto. Após esta data: 5% de desconto.
  • Sinal de 50% na reserva e o restante na saída, à vista (cheque ou dinheiro): 3% de desconto.
  • Sinal de 50% e o restante na saída com cheque pré-datado para 30 e 60 dias ou em uma vez no cartão Visa ou Mastercard.
  • Pagamento total na reserva em 2 vezes no cartão Visa.
  • Os participantes poderão levar suas próprias garrafas de vinhos, pois não haverá cobrança de “Rolha”; o Hotel Serraverde é conveniado com a ABS permitindo assim, aos seus associados, isenção da cobrança de “Rolha” dentro do seu estabelecimento.
  • Não inclui transporte do Rio de Janeiro para o Hotel Serraverde.

Reservas diretamente com o Hotel Serraverde pelo telefone (35) 3364-1900 ou pelo WhatsApp (35) 99870-5656.

A ABS-Rio colocará um ônibus à disposição de seus associados (e convidados). Com saída às 9 horas, de sexta, 25/05, em frente à sede do Flamengo e retorno até o mesmo local após o almoço de domingo. Preço a ser informado oportunamente. Reserva e pagamento antecipado diretamente na ABS-Rio (tel. 2285-0497). O ônibus só será efetivado com o mínimo de 20 pessoas.


IMPORTANTE:

  • Todas as informações sobre reservas e hospedagens, cancelamento e devolução de valores pagos devem ser observadas no site www.serraverde.com.br.
  • O número de vagas está limitado a um máximo de 85 participantes. Não deixe sua reserva para depois, confirme logo!